Escola Bíblica Dominical da Semana

Translate this Page
Pesquisa
De qual igreja você faz parte
Igreja Cristã Maranata
Outras Evangélicas
Católica
Sem denominação
Ver Resultados

 


Nosso Canal no


 

Instale um de nossos Players em seu Site ou Blog



 


Escola Bíblica Dominical da Semana

Orientações - EBD


 

EBD - 11/06/2017 

 

 

 

 

 


EBD - 28/05/2017

 

 

 

 

 

 

 

ESCOLA BÍBLICA DOMINICAL.PDF

 

28/05/2017

 

PARA MEDITAR

 

O descanso físico do sétimo dia e a liturgia do culto  ditada pela Lei faziam parte da santificação do

 

sábado. “Lembra-te do dia do sábado, para o santificar.” Ex 20:8

Pela obediência ao ritual do culto da Lei o homem teria que santificar o dia de sábado, que relembrava a criação. Esse culto era parte da  Velha  Aliança, que estava dirigida ao povo de Israel, que terminou por

 

desprezá-la, expressa na morte do Senhor Jesus, enquanto que no terceiro dia foi estabelecida a  Nova Aliança através da ressurreição do Senhor Jesus.

 

DESCANSO FÍSICO E DA ALMA

 

O descanso físico do judeu, estabelecido na Obra Criadora, cedeu lugar ao  descanso da alma, ligado à

 

Obra redentora, estendido a todos os dias da semana, na pessoa do Senhor Jesus, que passou a ser o nosso

 

Salvador. “Vinde a mim, todos os que estais cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei.” Mt 11:28

 

O Senhor Jesus cumpriu toda Lei por nós, por isso Ele quebrou o sábado. Ler: João 5:18 e Gálatas 4:9 e 10

 

UM REFORÇO PARA O ENTENDIMENTO DO ASSUNTO

 

Para esclarecer pastores e obreiros

 

 O judeu santificava um dia separado para o  descanso físico e o culto da Lei com todos os seus elementos litúrgicos, lembrando o sétimo dia, quando Deus descansou.

 

Dessa forma, o dia de sábado era santificado pelo judeu em reconhecimento à obra criadora.

Como resultado do cumprimento da Lei no Calvário pelo Senhor Jesus, a Igreja entendeu que o descanso seria profético e não seria físico e que os elementos litúrgicos teriam outro significado, porque a partir daí o culto não estaria mais na dimensão do  esforço humano para obedecer à Lei, enquanto o descanso

 

do crente passou a ser em Jesus, que é o nosso descanso, descanso da alma para vida eterna.

 

O descanso da alma engloba todos os dias da semana como uma oportunidade para o homem entrar na revelação, onde o culto é em espírito e em verdade.

 

Não se deve censurar aqueles que não entenderam que a letra é importante como foi a Lei, porém o Espírito é que dá vida.

 

“Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.” Rm 8:2

 

No culto do Velho Testamento quem santificava o dia era o homem cumprindo a Lei. Se Jesus cumpriu a

 

Lei por nós, por que dispensar a sua graça? Se é graça não é mais a Lei.

 

Em Israel o dia de sábado está se tornando cada vez mais evidente como prova da rejeição ao sacrifício do Senhor Jesus.

Os elementos que faziam parte da liturgia do culto da Lei, tais como: o templo, seus móveis e cortinas, o sacrifício da ovelha, a presença do sacerdote para oficiar o culto e mais o descanso físico de qualquer obra ou

 

serviço faziam parte da santificação do dia  que era o sábado. A Lei diz: “Lembra-te do dia do sábado, para santificar.” Ex 20:8 - Portanto, para comemorar o descanso de Deus no sétimo dia após a criação. O descanso do sábado era o descanso da Lei.

 

No Velho Testamento o culto do judeu era para santificar o dia para que houvesse um culto a Deus, seguindo uma liturgia na qual Deus se manifestaria renovando a aliança com o seu povo.

Cabia ao religioso se apresentar nesse culto, trazendo os elementos litúrgicos indispensáveis ao culto da

 

Lei, lembrando: o templo, o cordeiro, o oficiante (sacerdote) e o descanso físico naquele dia, como santificação ao dia de sábado.

 

Em Romanos 8:2 vemos que o descanso é da alma.

 

“Porque a lei do Espírito de vida, em Cristo Jesus, me livrou da lei do pecado e da morte.”

 

Os religiosos desprezaram Jesus porque não só quebrava o sábado, mas também se dizia o filho de Deus.

 

Lembrar que quebrado um til da Lei, quebrada seria toda a Lei e, no caso, quem usa a Lei só pela metade não irá agradar a Deus.

“Porque qualquer que guardar toda a lei, e tropeçar em um só ponto, tornou-se culpado de todos. T2:10

 

É melhor aceitar a graça de Jesus para salvação.

 

VOCÊ SABIA:

 

  1. 1. Que era proibido ao sacerdote se alimentar da gordura do sacrifício (Levítico 7:23-25)?

 

Sim

 

Não

 


 

  1. 2. Que é possível estabelecer uma relação profética entre a proibão do sacerdote de se alimentar da gordura do sacrifício com relação ao ministério na Igreja?

Sim

 

Não

 

 

 

  1. 3. Que a glorificação a Deus deve ser feita no esrito, na comunhão do Espírito Santo e o fruto da emoção, restrita a atos declaratórios exteriores?

Sim

 

Não

 


 

PERGUNTAS:

 

  1. 1. Podemos ligar o convite ao apelo da comunhão como ensino sico da doutrina bíblica da ressurreão para a experiência diária da Igreja Apostólica?

Sim

 

Não

 

 

  1. 2. Qual seria o agente de união para estabelecer esta comunhão com Deus?

 

Espírito Santo

 

  1. 3. Se o Senhor Jesus o tivesse ressuscitado seria possível estabelecer esta comunhão?

 

Não

 

CONSIDERANDO OS ENSINOS E APRENDIZADOS DA ESCOLA BLICA DOMINICAL:

 

  1. 1. À frente de cada palavra ou expressão (das treze opções abaixo) que tem sentido profético relacione os meros dos itens correspondentes às palavras ou expressões que a elas se associam, somando os seus valores como resultado de cada item.

 

Como exemplo, efetuamos a associação do item 3:

 

  1. 2. Some cada item e conclua sobre os mais pontuados.

 

  1. 3. Coloque ou destaque os nomes ou expressões dos três itens mais pontuados.

 

 

  1. 4. Voltando ao livro de Apocalipse, lendo os versos de 4 a 6 do primeiro capítulo, cite quais o as maiores evidências a respeito do Senhor Jesus e da Igreja, apresentadas como resultado da sua morte e ressurreição:

- O primogênito dos mortos (verso 5).

 

- O príncipe dos reis da terra (verso 5).

 

- Nos lavou dos nossos pecados (verso 5).

 

- Nos fez reis e sacerdotes (verso 6).

 

 



Áudio - EBD 21/05/2017